28/09/2010

Como eu conheci a geração V

Como/quando aconteceu? Visitando a PokéBeach. (10/Fev/2010, 20 anos)


O que eu senti? Nada. Toda animação que eu senti com as outras revelações de novas gerações, dessa vez eu simplesmente não senti. Talvez porque o Zoroark tenha sido escolhido dentre os Pokémon da geração V por causa da moda Naruto, e essa coisa de modinha não me atrai. Talvez porque, pela sombra que havia sido mostrada, eu imaginava que fosse uma super evolução de Mightyena, mas era simplesmente uma kitsune. E pra piorar ainda tinha o Zorua, uma raposinha feita como cópia e colagem de outros Pokémon...
...e até da Estelar dos Jovens Titãs! Não deu, se toda essa geração fosse assim, Pokémon já estaria caminhando pro fim.

Eu ainda me sinto assim? Que nada! os Novos Pokémon são demais, parecem com os da geração I em suma e eu até esqueci que o Zoroark existe. Na verdade eu nem me revolto mais tanto em relação a ele. Só é uma pena que eu tenha puxado briga com o pessoal da PokéCommunity, um site que foi parte importante da minha "vida", por causa dessa raposa, mas tranquilo. Na verdade, o que mudou foi que eu passei a ver novas gerações como as pessoas veem a Copa do Mundo: um grande acontecimento (pelo menos pra mim) que é aguardado de quatro em quatro anos. E em 2016, tamo lá outra vez! (Rimou?)

14/09/2010

Como eu conheci a geração IV

Como/quando aconteceu? Visitando o Serebii.net. (2004, 14 anos)


O que eu senti? Foi inacreditável. O Gonbe era tão legal e engraçadinho! Nenhuma outra revelação poderia ter sido melhor! Eu adorei ele e as pré-evoluções da 4ª geração também, de Bonsly a Chingling. Os novos Pokémon me fizeram ter certeza de que isso era a coisa certa pra mim, que me manteria pra cima.

Na verdade minha animação foi tão grande que eu pensei em alguns possíveis nomes em inglês para ele. Sou tão ansioso que não dava pra ficar esperando até o nome americano ser revelado. Por simples lógica, eu tive duas "provas" de que seria Laxbe:
Se KabiGON = SnorLAX, então GONbe = LAXbe; e Laxbe é o contrário de "be lax", porque ele não é dorminhoco, ele é comilão.
Só botei um "Go! Laxbe!" com essa frase na minha assinatura na PokéCommunity e as pessoas começaram a acreditar que era verdade. (Como a tradução que eu fiz do diretor-chefe de Pokémon, Junichi Masuda, dizendo que nem ele gostava do novo Pokémon da 5ª Geração, e acreditaram...)

Buscando no Google, você acha sites da Polônia, México e até do Brasil noticiando Laxbe ao invés de Munchlax, o nome oficial do Gonbe. Eu acho que essa foi a única coisa grande que eu já fiz na minha vida toda. Por isso que a 4ª Geração significa tanto pra mim. Até o dono do Serebii.net ficou incomodado com isso:


Eu ainda me sinto assim? Talvez. Apesar de ter passado a gostar de Pokémon bebês (Tyrogue!!), eu acho que esperava mais. A primeira impressão que eu tive do DS não bateu com o que eu vi em Diamante/Pérola. Mas HGSS valeu a pena, eu acho.

13/09/2010

Como eu conheci a geração III

Como/quando aconteceu? Lendo a revista Pokémon Club Evolution. (Março de 2001, 11 anos)

Eu scaneei a revista no serviço, é de 9 anos atrás, só não tá muito conservada... :)

O que eu senti? Eu adorei, os novos Pokémon eram demais e eu percebi que Pokémon talvez nunca acabasse. O texto na revista ainda dava as primeiras informações sobre uma nova região e nova jogabilidade. Eu fiquei super feliz. O pior aconteceu e meu "vício" por Pokémon ficou uma coisa doentia. Eu acabei largando a escola, mas essa é uma outra história...

Eu ainda me sinto assim? Sim, eu tô sempre esperando novidades, quero aprender tudo que puder sobre Pokémon. Quero que sempre faça parte da minha vida, porque foi isso que me deu vida quando eu precisei.

07/09/2010

Como eu conheci a geração II

Como/quando aconteceu? Episódio 50 - Quem vai ficar com Togepi? (1998, 8 anos)

O que eu senti? Nada demais, apenas não conseguia achar o Togepi no meu álbum de figurinhas, mas como também não tinha o Mew, achei que Togepi estava fora da minha lista por algum engano.
Quando eu vi que mais Pokémon estavam vindo, além dos 151, eu fiquei com curiosidade. Como ainda não tinham nome em inglês, eu conheci pelos nomes japoneses, o que me ensinou sobre a origem de Pokémon e cultura japonesa, por consequência. Depois eu aprendi os nomes em inglês e tal, mas Hinoarashi e Tsubotsubo vão ficar pra sempre na minha cabeça.

Eu ainda me sinto assim? Não, eu já me acostumei com novas gerações, e quando chega uma nova é só questão de tempo até eu começar a curtir.

06/09/2010

Como eu conheci a geração I

Como/quando aconteceu? Episódio 32 - Os Poderes do Poké-Ninja (1998, 8 anos)

O que eu senti? Apesar de não gostar tanto do desenho hoje em dia, foi ele que me levou a gostar de Pokémon. O primeiro epsódio que eu assisti tinha tudo que o mundo Pokémon tem de melhor:

Personagens e criaturas legais e engraçadas

Uma agenda com dados para cada criatura

As criaturas evoluindo para formas maiores

Batalhas com poderes especiais

Ginásios e insígnias para provar suas vitórias

E a comédia da Equipe Rocket
Essas coisas me fizeram gostar de Pokémon como nenhuma outra coisa, eu fiquei viciado na mesma hora. Esse podia ser um mundo onde tudo pode acontecer, onde eu poderia superar tudo e encontrar um modo de ser menos infeliz. Por um bom tempo eu acreditei que pudesse ser verdade, hehe.

Eu ainda me sinto assim? Não, agora eu sei que não pode ser verdade, mas sempre que eu sinto que não tem jeito pros meus problemas, eu jogo um pouco, leio Pokémon Adventures, vejo as imagens e esqueço as coisas ruins. É uma terapia.